top of page

Os marimbondos estão incomodando? Saiba o que fazer sem infringir a Lei.

Você provavelmente já se deparou com um marimbondo – ou “maribondo”, como algumas pessoas o chamam. De aparência assustadora, ele é lembrando principalmente pela ferroada, capaz de causar bastante dor.


Porém, ao contrário do que parece, esse inseto não representa ameaça aos seres humanos. Pelo contrário: cumpre um importante papel na natureza, tanto que é protegido por lei.


Ainda assim, ninguém gostaria de ter um enxame perto de casa. Por isso, hoje vamos dar dicas de como se livrar dos marimbondos da maneira correta. Acompanhe!


Diferenças entre marimbondos, vespas e abelhas

Primeiro, devemos dizer que vespa e marimbondo são o mesmo bicho. A denominação apenas varia conforme a região do país.


Já as abelhas são diferentes, embora pertençam à mesma ordem de insetos (Hymenoptera). Existem até truques para diferenciar as criaturas.


Um deles é observar o animal em repouso. Se as asas apontam para cima, estamos falando de marimbondo/vespa. Se as asas ficam na horizontal, então são abelhas.


Características gerais dos marimbondos

A maioria dos marimbondos vive em colônias. A organização do grupo é similar à das abelhas, dividida em castas. Há as operárias, a rainha (que deposita os ovos) e os machos reprodutores.


Apenas as fêmeas são capazes de ferroar. Aliás, o ferrão passa justamente pelo canal de saída do ovo.


E aqui já devemos esclarecer um ponto importante: marimbondos não são agressivos. Eles só partem para o ataque quando se sentem ameaçados.


Você consegue identificá-los pelo abdômen em formato de haste e pelas quatro asas, sendo que as anteriores são muito maiores que as posteriores. Já as cores do corpo variam entre o marrom, o preto e o amarelo.


Marimbondo-cavalo: a espécie mais preocupante do Brasil

Calcula-se que existam até 10 mil espécies diferentes de vespas no mundo. Seria impossível detalhar todas aqui, então destacamos aquela com que você deve se preocupar.


Estamos falando do marimbondo-cavalo (Pepsini). Cavalo-do-cão, marimbondo caçador… Os nomes variam, mas todos se referem ao mesmo inseto de coloração escura e que mede apenas 5 cm.


O bicho ataca principalmente aranhas. Logo, se houver infestação de aracnídeos em sua casa, é provável que isso atraia vespas ao ambiente.


E não queira levar uma ferroada de marimbondo-cavalo. A picada é considerada a mais dolorosa do mundo, atingindo nível 4 (grau máximo) na Escala Schmidt, que mede a intensidade de ataques de insetos.


Locais onde os marimbondos vivem

O ninho de marimbondo, também chamado de vespeiro ou cachopa, é construído com uma mistura de madeira e folhagem mastigada pelos próprios insetos. O resultado é um material similar ao papel.


Nas cidades, esses seres costumam se instalar em beirais e no interior de forros e telhados. Também é comum vê-los em frestas de paredes, muros e até no interior de objetos abandonados (pneus, latões e móveis).


Os insetos se tornam mais ativos na primavera e no verão, devido ao calor. É mais fácil vê-los durante o dia, quando saem em busca de alimento.


E é justamente próximo às fontes de comida que os vespeiros são mais frequentes. Como os insetos gostam de frutas e outros doces, costumam rodear lanchonetes, padarias e cozinhas em geral. Contudo, também é possível encontrá-los em meio a jardins floridos.


O que fazer em caso de picada de marimbondo?

Caso você sofra picada de marimbondo, lave o local da ferida com água e sabão. Em seguida, aplique uma compressa de gelo sobre o local para aliviar a dor.


Marimbondos são venenosos?

Sim, por isso a picada causa dor intensa. As reações ao ataque também podem envolver vermelhidão e inchaço na pele.


No entanto, crises mais graves são raras. O risco de choque anafilático, por exemplo, só ocorre entre pessoas alérgicas ou que sejam atacadas por um enxame inteiro.


Na dúvida, convém buscar ajuda médica imediatamente. O profissional poderá indicar analgésicos para o tratamento.


Marimbondo morre depois da picada?

Ao contrário das abelhas, os marimbondos não perdem o ferrão após a picada. Desse modo, eles podem atacar diversas vezes sem morrer.


De qualquer forma, vale lembrar que a ferroada nunca é gratuita. Vespas só atacam quando se sentem ameaçadas.


O que fazer para se livrar dos marimbondos?

Por fim, cabe destacar que os marimbondos cumprem diversas funções na natureza. Eles são predadores, ajudando a controlar a população de outros insetos. Também contribuem para polinizar flores e, assim, preservar a biodiversidade.


Em virtude dessa função, as vespas não são consideradas pragas urbanas. Inclusive, por serem animais silvestres, elas são protegidas por lei.


Ou seja: remover cachopa de marimbondo por conta própria é crime ambiental. Portanto, a melhor maneira de manter esses insetos longe é tomando atitudes preventivas. A saber:


Jogue fora objetos inservíveis que possam servir de abrigo aos marimbondos;

Mantenha lixeiras sempre fechadas;

Vede frestas em muros e paredes;

Instale telas nos ralos e nas janelas de casa;

Monitore o local para identificar o surgimento de colônias ou vespeiros (cachopas) logo no início;

Caso encontre marimbondos, não se aproxime do enxame;

Se a aproximação for inevitável, evite movimentos bruscos;

Não jogue objetos nem aplique produtos químicos no vespeiro;

Chame ajuda especializada para a remoção, como Corpo de Bombeiros ou Defesa Civil;

Após a remoção da cachopa, aplique na área alguma substância para eliminar o cheiro e impedir que os insetos retornem. Pode ser cal, amoníaco ou, se você preferir repelentes mais naturais, óleo de hortelã-pimenta diluído em água.


Por:

Jefferson Hoffmann

Especialista em Saúde Ambiental

Especialista em Saúde Ambiental, Diretor da Desinservice, uma das empresas de maior referência no segmento de Saúde Ambiental no Brasil.

Comments


bottom of page