O perigo da corrosão das armaduras

Entenda o perigo da corrosão das armaduras e a importância da manutenção preventiva!

Para quem não conhece, o concreto armado consiste na união de concreto com um “esqueleto” de aço, que aumenta a sua resistência e durabilidade.

Embora essa não seja a única opção para construções, ela é, sem dúvidas, a mais utilizada em todo o país na construção de edifícios. Um dos motivos para isso é que a sua complexidade de execução é relativamente baixa.

Mais do que isso, o método ainda une a resistência à tração do aço e a resistência à compressão do concreto, que são características excelentes para uma edificação.

O resultado é um material compósito que pode assumir diversas formas e possibilita uma construção com agilidade.

Acontece que, apesar de toda essa versatilidade, o método pode sofrer corrosão das partes metálicas, colocando a edificação em risco. Esse é o perigo da corrosão das armaduras.

Essa corrosão acontece quando há a entrada de oxigênio nas camadas que recobrem o metal, normalmente, quando a armadura é concretada sem respeitar a espessura mínima.

Isso faz com que a parte útil dessa barra de aço tenha sua capacidade e resistência diminuídas, bem como a resistência do concreto, que também diminui.

Isso é algo muito preocupante quando estamos falando de pilares e vigas de suporte, que ficam menos resistente às compressões que deveriam suportar.

Quais as causas da corrosão das armaduras

A corrosão pode acontecer tanto por um problema de falha no projeto quanto por um problema de falha na execução. A falta de uma manutenção adequada também pode gerar esse tipo de falha estrutural.

Quando falamos de erro no projeto, pode haver especificação equivocada do tipo de concreto ou da cobertura das armaduras. As falhas na execução são aquelas em que não ocorre o cumprimento do que foi especificado no projeto.

A falta de manutenção, por sua vez, possibilita a entrada de agentes nocivos, que causam danos às estruturas por meio de fissuras estruturas, tais como o desgaste de pinturas ou de impermeabilizações.

Os cloretos, presentes na maresia ou na água do mar também podem ser muito nocivos.

A corrosão das armaduras leva ao aumento do seu diâmetro, levando a um deslocamento do concreto que fica em sua volta. Isso torna a armadura mais exposta e agrava ainda mais a situação.

Em casos mais sérios, isso pode até fazer com que a armadura se rompa, fazendo com que perca a sua função estruturas e causando um colapso estrutural na edificação.

Sinais de corrosão da armadura

Os primeiros sinais que podem ser notados são as rachaduras longitudinais. O desprendimento do concreto também precisa ser observado com cuidado.

Se essas questões foram restauradas com agilidade, é possível impedir que o processo de corrosão avance. Por isso que as manutenções e vistorias são sempre muito importantes, possibilitando a identificação prematura de danos.

Isso sem falar que agir preventivamente é sempre muito mais barato e econômico.

Um grande erro nesses momentos é usar soluções paliativas e materiais incorretos, como apenas rebocar por cima da falha, pode aumentar ainda mais o problema inicial.

O procedimento que deve ser adotado é a restauração desse concreto que está solto ao redor da armadura exposta. É preciso também escovar a armadura com escova de cerdas de aço, a fim de remover a corrosão já existente.

Outra medida é realizar a pintura das armaduras com uma tinta fosfatizante especial, que possibilite receber o concreto ao redor. Também deve-se preencher o entorno do concreto existente com argamassa polimérica, que tem uma resistência superior ao concreto uma excelente capacidade de aderência, sem gerar fissuras ou retração.

Se o problema já estiver muito avançado, a simples restauração pode não resolver, sendo necessário realizar ainda um reforço à estrutura, adicionando mais uma armadura recoberta por concreto especial.

O mais importante é estar com manutenção em dia para identificar os problemas precocemente e evitar a corrosão das armaduras.

Precisando de um orçamento para seu condomínio? Então, clique AQUI e conheça a plataforma de cotação do Click Síndico News.

Siga o Click Síndico News no Instagram para ficar por dentro das novidades

0 visualização

Quem Somos:

O Click Síndico é um portal direcionado aos Síndico Moradores e Profissionais do Rio Grande do Sul, iniciando suas atividades em São Paulo.

Aqui o usuário encontra tudo para oferecer aos condôminos nos condomínios em que atuam, tecnologia, conteúdo qualificado, prestadores de serviços e novidades ligadas ao setor, seja ele comercial, residencial ou misto.

O quê você procura?

  • YouTube
  • Twitter ícone social
  • Facebook ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Instagram ícone social

© 2023 por AsHoras. Orgulhosamente criado com Wix.com