Descarte de resíduos


A separação correta dos resíduos permite o recolhimento conforme a sua constituição (domiciliar – orgânico e rejeito – ou reciclável) e seu correto encaminhamento. Resíduos orgânicos são compostados ou encaminhados para o aterro sanitário. O rejeito também vai para o aterro sanitário. Ao separar corretamente, também se contribui socialmente para a geração de empregos e renda de trabalhadores formalmente organizados, já que 100% dos recicláveis recolhidos pela Coleta Seletiva são destinados às Unidades de Triagem.



O sistema de coleta de resíduos de Porto Alegre trabalha com a separação básica de resíduos, fazendo a coleta separada dos resíduos recicláveis e dos resíduos domiciliares (orgânicos e rejeito).

Para resíduos que não se enquadram nestas categorias, há pontos de entrega e incentivo à logística reversa. Veja vídeo sobre a correta separação de resíduos e a responsabilidade compartilhada, clicando aqui. Veja abaixo que resíduos são esses e como fazer o correto encaminhamento.

RESÍDUOS ORGÂNICOS

O que são: Resíduo de origem vegetal ou animal. Em média, metade do volume de resíduos gerado por um brasileiro é resíduo orgânico.

Exemplos: Restos de alimentos como carnes, frutas, cascas de ovos, ossos, sementes, erva-mate, borra de café e chá, cinzas e restos de vegetação.

Como encaminhar: O encaminhamento ideal dos resíduos orgânicos é a compostagem. Não tendo acesso a uma composteira, o resíduo orgânico deve ser colocado em embalagens de papelão ou sacos de papel. Também incentivamos o uso de sacolas compostáveis, caso nenhuma das opções anteriores seja uma alternativa. Estes recipientes devem ser encaminhados para os contêineres da Coleta Automatizada a qualquer hora, todos os dias da semana. Para os bairros não atendidos pelos contêineres, o resíduo deve ser embalado em uma sacola plástica, de até 100 litros, e disponibilizado nos dias e horários corretos da Coleta Domiciliar - recolhimento de orgânicos e rejeito.

Atenção: Há regiões da cidade que são atendidas pela Coleta Automatizada. Nestes locais, não há Coleta Domiciliar e os resíduos podem ser descartados nos contêineres a qualquer hora do dia, ao longo de toda a semana.

O que mais é possível fazer: Você pode diminuir ao máximo o desperdício de alimentos, compostar cascas e restos de alimentos e plantar as sementes.

Quer saber como fazer uma composteira caseira? Clique aqui. Para consultar os dias e horários da Coleta Domiciliar, acesse a pesquisa aqui.

REJEITOS

O que são: resíduos sem potencial de reaproveitamento ou que não possuam viabilidade técnica e financeira de reciclagem.

Exemplo: Lacres de iogurte, manteiga e requeijão, papel engordurado e sujo, absorventes, fraldas descartáveis, cotonetes, espuma,