7 cuidados importantes na área comum do condomínio

Viver em condomínio é uma arte. Exageros à parte, a convivência coletiva exige uma constante capacidade de ceder e respeitar o espaço dos vizinhos e assim garantir o respeito ao seu próprio espaço.


Além dos limites de cada apartamento, é na área comum do condomínio que se exercita essa boa convivência. É nela que os moradores se cruzam e precisam manter alguns padrões de conduta para garantir a boa relação entre todos e a manutenção da ordem.

Confira 7 cuidados que todos devem ter na área comum do condomínio para manter a harmonia.

1. Respeite o uso dos equipamentos e áreas de lazer

Viver em condomínio exige capacidade de compartilhar, de dividir aquilo que está à disposição de todos. Isso é essencial para que o máximo de pessoas possa desfrutar da infraestrutura disponível para os moradores.

As áreas de lazer e equipamentos, como salão de festas e churrasqueiras, por exemplo, devem ser utilizadas sempre com esse pensamento coletivo. Lembre-se que essa infraestrutura não é exclusiva de nenhum proprietário. Logo, todos devem zelar pela sua conservação e respeitar as normas de utilização.

É provável que o seu condomínio tenha regras que permitam que o maior número de moradores desfrute desses equipamentos. Se não há, é preciso usar o bom senso e exercitar a boa vizinhança.

2. Tenha cuidado com a circulação de animais

Esse é um item polêmico por natureza. Quem não abre mão da companhia de seus pets não entende aqueles que preferem manter distância dos animais. E estes, muitas vezes, não toleram a menor aproximação com cães e gatos. Mais uma vez, o respeito do espaço alheio.

Embora os condomínios não possam proibir animais de estimação que não causem riscos à segurança ou à saúde dos moradores, é possível estabelecer normas para a circulação dos pets nas áreas comuns, como a obrigatoriedade de que sejam conduzidos na coleira e no colo.

Seguindo estas normas, é possível manter seu animal de estimação no seu imóvel sem desrespeitar as regras do condomínio e sem criar problemas com seus vizinhos.

3. Evite crianças soltas no condomínio

Os condomínios maiores, com amplas áreas de lazer, oferecem uma variedade de equipamentos destinados às crianças, incluindo playground, sala de jogos e quadras esportivas, entre outros. Esses são os espaços adequados para que eles se divirtam.

O alerta é importante, uma vez que, sem a supervisão dos pais ou responsáveis, não é raro que as crianças se aventurem em outras áreas do condomínio, o que, além de riscos à segurança, podem ocasionar danos e gerar despesas extras às famílias. O ideal é que as crianças menores